Nova tecnologia wireless garante a velocidade de 7Gbps nas transmissões de dados

Wireless Gigabit AllianceA nova tecnologia wireless no padrão WiGig consegue um desempenho 10 vezes mais rápido que as redes Wi-fi no padrão 802.11n, segundo a fabricante Intel, essa nova tecnologia consegue atingir velocidades de transmissão até 7Gbps. A nova tecnologia Wireless Gigabit (WiGig) foi demonstrada na computerworld pelo fabricante utilizando um ultrabook. O padrão WiGig é um marco para o caminho da próxima geração na tecnologia wireless multi-gigabit conforme apresentação realizado pelo CTO da Intel, Justin Rattner, afirmando que em breve poderemos colocar sobre uma mesa de qualquer lugar um ultrabook ou tablete para estarem conectados a um monitor ou periférico automaticamente.

Animado com a nova tecnologia e com a sua capacidade de transmissão e flexibilidade para diversas aplicações, Rattner, diz que “Olhando para o futuro, toda a computação irá se tornar sem fio, com uma demanda cada vez maior por uma comunicação wireless rápida”.

A demonstração do padrão WiGig pela Intel foi combinada com camadas de protocolo de adaptação (PAL) programados para aplicativos móveis e PC. Utilizando uma frequência não-licenciada de 60GHz em sua operação, o que equivale a frequências maiores de 2,4Ghz e 5Ghz normalmente utilizada pelos equipamentos Wi-Fi do mercado. Sendo assim, é possível utilizar canais mais amplos que suportam grandes velocidades de transmissão de dados.

A tecnologia de transmissão do novo padrão WiGig é baseada no padrão IEEE 802.11, que de fato é o núcleo de milhares de produtos Wi-Fi sendo utilizado em todo o mundo, conforme acordado pela Wirelles Gigabit Alliance – Organização que reponde pelos padrões Wi-Fi existentes. A empresa destacou que esse novo padrão inclui suporte nativo em frequências de mais de 60Ghz que poderá integrar com os novos dispositivos utilizando rádios tri-band sem problemas a redes Wi-Fi de 2.4Ghz e 5Ghz.

O presidente da WiGig Alliance, Ali Sadri, informou que a novo padrão suporta implementações de DisplayPort e Interfaces HDMI sem fio, assim como o conteúdo protegido digital de banda larga (HDCP) – programação usada para garantir e proteger contra cópias de áudio digital e vídeo transmitido nessas interfaces.

Ali Sadri, ainda disse que “Dentro dos próximos anos, as pessoas não saberão como foi possível ficar tanto tempo sem utilizar essa tecnologia”. “Ela está em fase final, e com a garantia da participação de várias empresas associadas com seus chips à produção e certificação para o segundo semestre de 2013, esperamos um grande explosão crescente de dispositivos WiGig no mercado.” Com a WiGig, é possível conexões sem fio utilizando HDMI, de forma que computadores portáteis possam ser capazes de se conectar a aparelhos televisores e transmitir vídeos.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *